Popó põe em risco seu título mundial

Acelino "Popó" Freitas corre o risco de perder o título mundial dos superpenas pela Organização Mundial de Boxe (OMB), por mais um conflito entre os empresários que controlam sua carreira. Na semana passada, o pugilista brasileiro teve um encontro com Arthur Pelullo, que tem direito a promover três lutas dele nos Estados Unidos. Popó teria assinado um contrato de exclusividade com ele, passando por cima do acordo que tem com o baiano Ruy Pontes e com o mexicano Ricardo Maldonado. Se isso for confirmado, Ruy Pontes diz que vai entrar na Justiça para garantir o cumprimento de seu contrato com o lutador, que vai até 2004. "Até agora, Popó não me confirmou essa informação, mas se isso for verdade, vou buscar meus direitos", avisou Ruy Pontes. Mas, a maior reação viria de Maldonado. O empresário é um dos homens mais poderosos da OMB e o título de Popó ficaria em risco. Maldonado não quis falar sobre o assunto e o presidente da entidade, Francisco Valcárcel, disse que não comentaria boatos. Ele falou que prefere esperar a confirmação da assinatura do contrato do pugilista brasileiro com Pelullo para se manifestar oficialmente.Popó pediu uma semana de folga para seu empresário e viajou para os Estados Unidos, dizendo que iria descansar e passar o feriado de São João em Miami.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.