Popó se prepara nos EUA para tentar quarto título mundial

O boxe brasileiro se prepara para um feito inédito em sua história. Conquistar dois títulos mundiais no mesmo ano. Depois de Valdemir Sertão Pereira, que ganhou o cinturão dos penas, em janeiro, agora será a vez de Acelino Popó Freitas, que em 29 de abril vai tentar se consagrar campeão mundial pela quarta vez. O pugilista baiano está na Flórida há uma semana se preparando para o duelo com o americano Zahir Raheem, em Mashantucket, Connecticut.?Estou supermotivado. Só na Bahia já havia feito 200 rounds de treino com sparring?, disse o ex-campeão dos superpenas (pela Organização Mundial e Associação Mundial de Boxe ) e dos leves (pela OMB).Aos 30 anos, Popó vive um momento feliz. No dia 8, Acelino Popó Guimarães Freitas, seu filho com a empresária Eliana Guimarães, completou seis meses. Popó tem outros cinco filhos. ?Estou de bem com a vida e confiante em poder trazer mais este título para o Brasil.?Zahir Raheem não é um desconhecido para Popó. ?Já vi as fitas de três lutas dele, mas as principais vou ver juntamente com Oscar (Suarez, técnico) e com o Ulisses (Pereira, auxiliar). A tática para a luta já está pronta. ?Ele não gosta de trocar golpes. Usa o jab e caminha muito para trás. Do jeito que gosto.?Depois que perdeu para o norte-americano Diego Corrales, em agosto de 2004, Popó só lutou duas vezes. No Ibirapuera, em dezembro do mesmo ano, precisou de doze rounds para superar o inexpressivo argentino Fernando David Saucedo, um boxeador sem nocaute registrado em seu cartel. Sua última aparição no ringue foi em julho de 2005, quando precisou de pouco mais de um minuto para nocautear o panamenho Fabian Salazar. Popó tem 37 vitórias e só uma derrota. Raheem ganhou 27 e também perdeu uma vez.Na mesma noitada de Popó x Raheem, os brasileiros Luciano Silva e Binho de Jesus devem estar em ação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.