Popó vai bancar Papai Noel em São Paulo

Acelino ?Popó? Freitas espera apenas o sinal verde de um patrocinador para distribuir, vestido de Papai Noel, mais de cinco mil brinquedos pelas favelas de São Paulo. O pugilista, que repete este gesto em Salvador há anos, prefere não revelar o nome do parceiro neste projeto.Após enfrentar o argentino Fernando David Saucedo, sábado, no ginásio do Ibirapuera, Popó vai permanecer em São Paulo até o dia 22, quando terá alguns compromissos comerciais. "Pretendo distribuir os brinquedos na semana do Natal", afirmou o pugilista.Nesta quinta-feira, Popó participou da entrevista coletiva no Hotel Meliá Mofarrej, juntamente com Saucedo. O promotor Artur Pellulo anunciou que o combate, que terá transmissão ao vivo para a América Latina, terá a apresentação dupla. Desembarcou nesta quinta-feira em São Paulo o norte-americano Jimmy Lennon Jr., principal apresentador do canal Showtime e que, em 23 anos de carreira, trabalhou em mais de mil noitadas por título mundial. Ele terá a companhia de Tony Auad, tradicional apresentador de lutas no Brasil.Provocações - Durante a entrevista, Popó voltou a afirmar que vai "arrancar a cabeça" de Saucedo. Bem-humorado, o argentino disse que usará um capacete para se proteger dos golpes do ex-campeão mundial."Eu nunca venci por nocaute, mas também nunca perdi por nocaute", afirmou o argentino, de 23 anos, referindo-se ao seu cartel de 16 vitórias, três empates e duas derrotas.Popó disse que não tem pressa para nocautear. "O importante é vencer, pois estou pensando em abril quando quero ganhar meu quarto título mundial", avisou. Saucedo, mais uma vez, mostrou tranqüilidade. "Para ele (Popó) me derrubar terá de correr muito, pois não ficarei parado à sua frente."Popó, que chorou ao lembrar dos momentos difíceis de sua vida, não poupou críticas à Confederação Brasileira de Boxe. "Eles nunca me deram bola."Pronto para a luta - Oscar Suarez, um dos técnicos e anunciado nesta quinta-feira como o novo empresário de Popó, está satisfeito com a forma de seu pupilo. "Ele só está meio quilo acima do peso limite da categoria dos leves (61,5 quilos)", contou.Popó, que quando lutava entre os superpenas (58,9 quilos) tinha problema para manter o peso, agora festeja as três refeições diárias, fora o café da manhã. "Agora como de tudo e bem", revelou.A pesagem dos dois pugilistas acontece ao meio-dia desta sexta-feira.Pouco movimento - Segundo pessoas ligadas à organização do evento, até a tarde desta quinta-feira apenas cerca de 300 dos quase dez mil ingressos haviam sido negociados. Os bilhetes, que custam entre R$ 20,00 e R$ 200,00, podem ser adquiridos pelo Ticketmaster (telefone 6846-6000 ou no site ticketmaster.com.br) ou nas bilheterias do Ibirapuera. O combate será transmitido pelo sistema pay-per-view pela NET e Sky.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.