Popó vence luta por nocaute na Bahia

O pugilista baiano Acelino ?Popó? Freitas venceu por nocaute, na noite deste sábado, em Salvador, ao panamenho Fabián Salazar. Como havia prometido antes da luta, Popó derrubou o panamenho ainda no primeiro round. O confronto, que não colocou em jogo nenhum título ou cinturão, fechou com chave de ouro a noitada de boxe promovida na capital baiana pela associação ?Boxe Brasil?, com apoio da Federação Brasileira de Pugilismo. Popó volta a lutar no fim do ano. O boxeador brasileiro tem duas possibilidades. A mais provável é enfrentar o norte-americano Juan Diaz, campeão pela Federação Internacional de Boxe, nos Estados Unidos, em outubro. ?Temos 70 % de chances disto acontecer?, afirmou Ulisses Pereira, que divide com o porto-riquenho Oscar Suarez a preparação técnica do ex-campeão mundial.Outra alternativa para Popó seria aguardar a Organização Mundial de Boxe retirar o título dos leves do norte-americano Diego Corrales, que já anunciou sua revanche com o mexicano José Luis Castillo para 3 de outubro. Os dois se enfrentaram em maio e a vitória ficou com Corrales, após cair três vezes e se conseguir o nocaute no décimo assalto, em uma das lutas mais violentas dos últimos anos. Com este triunfo, Corrales também conquistou o título do Conselho Mundial de Boxe dos leves.Corrales, que derrotou Popó em agosto, teria, por contrato, a obrigação de dar a revanche para o brasileiro, mas, por vantagens financeiras, preferiu dar uma nova oportunidade a Castillo. Com isso, Popó, primeiro colocado no ranking da OMB, deverá enfrentar o segundo colocado.Boxe BrasilA quarta edição do Boxe Brasil deverá ter como sede Belém, ainda este ano. Popó e o seu co-promotor, Josafá Santos, já tem contrato assinado com a TV Bandeirantes para trasmitir mais cinco eventos. São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Santa Catarina também poderão organizarnovas noitadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.