Popó volta nesta quinta-feira ao Brasil

O boxeador Acelino "Popó" Freitas desembarca nesta quinta-feira, às 10h40, no aeroporto internacional de Guraulhos, vindo dos Estados Unidos, onde na madrugada de domingo conquistou o título mundial dos leves, versão Organização Mundial de Boxe (OMB). Ele derrotou Artur Grigorian, do Usbequistão, por pontos, depois de 12 assaltos, e foi logo em seguida para uma estação de esqui nos EUA, onde descansou três dias.Popó tem várias atitudes a tomar nos próximos dias. O pugilista baiano, de 28 anos, terá de optar pela categoria dos leves ou pela dos superpenas, na qual também detém os cinturões da OMB e da Associação Mundial de Boxe. A tendência é ele seguir entre os leves, categoria que lhe proporcionará mais dinheiro e prestígio nos Estados Unidos.Juntamente com seus empresários, Popó também terá de definir por qual canal de televisão norte-americano seus combates serão transmitidos. Após seis lutas, seu compromisso com a Showtime chegou ao fim depois da vitória sobre Grigorian. A rival HBO tem interesse pelos combates do brasileiro e quer colocá-lo frente a frente com o norte-americano Floyd Mayweather, campeão dos leves pelo Conselho Mundial de Boxe.O terceiro compromisso do pugilista baiano será iniciar as gravações para o Programa "Boxe com Popó", que fará parte do Esporte Espetacular aos domingos, na Rede Globo. Ele vai apresentar lutas históricas, combates importantes de sua carreira, além de matérias especiais.Popó gravou em outubro alguns programas pilotos e os trabalhos serão retomados em fevereiro.Lesão - Popó passará por uma análise médica ainda esta semana para saber se deverá operar o nariz. Ele sofreu uma contusão na Califórnia, no início dos treinamentos para o confronto com Grigorian. Lutou na madrugada de domingo com dores e até foi orientado pelos treinadores durante o combate para realizar exercícios com os braços para melhorar a respiração.

Agencia Estado,

07 de janeiro de 2004 | 17h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.