Martial Trezzini/EFE
Martial Trezzini/EFE

Por 2016, Rodrigo Pessoa desiste de se aposentar

Cavaleiro admitiu que sua ideia original era de parar já em 2012, após a Olimpíada de Londres

JAMIL CHADE, Agência Estado

10 de dezembro de 2010 | 15h35

O cavaleiro Rodrigo Pessoa anunciou nesta sexta-feira que vai adiar sua aposentadoria para poder participar dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016. Em uma entrevista publicada no jornal suíço Tribune de Geneve, Pessoa admitiu que sua ideia original era de parar já em 2012, após a Olimpíada de Londres.

"De fato, eu queria já parar em 2012", afirmou o cavaleiro. "Isso era o que eu havia projetado. Mas depois, o Brasil recebeu a organização dos Jogos Olímpicos e eu me disse que talvez poderia continuar até 2016. Eu penso em parar então depois dos Jogos Olímpicos no meu País'', disse.

Em 22 anos de competições, Pessoa foi campeão olímpico em 2004, campeão do mundo em 1998, vencedor da Copa do Mundo em três anos seguidos e ganhador de inúmeros outros torneios. Foi ainda medalha de bronze nos Jogos de 1996 e de 2000.

Com 38 anos de idade, Pessoa admite que sua motivação é ainda a de "dar o seu melhor" e "não fazer nada pela metade". "A competição é minha motivação", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
hipismoRodrigo Pessoaaposentadoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.