Divulgação Yescom
Divulgação Yescom

Por conta do coronavírus, Maratona de São Paulo é adiada para o segundo semestre

Organização do evento anunciou decisão neste sábado. Nova data será anunciada na terça-feira

Redação, Estadão Conteúdo

14 de março de 2020 | 12h56

A organização da Maratona de São Paulo anunciou neste sábado que a prova, que seria realizada no começo de abril, foi transferida para o segundo semestre por conta da pandemia do novo cornavírus. A nova data do evento está sendo discutida junto a Secretaria de Esportes e Lazer da capital paulista e será anunciada na próxima terça-feira.

A medida de adiar o evento cumpre a determinação do prefeito em exercício, Eduardo Tuma, a pedido do prefeito Bruno Covas (PSDB), de suspender eventos promovidos pelo poder público com aglomeração de pessoas na cidade de São Paulo por tempo indeterminado em razão do Covid-19.

A decisão também considera a restrição imposta pelo governador de São Paulo, João Dória, a partir deste sábado, de suspender eventos promovidos pelo Estado com mais de 500 pessoas, e as recomendações dos órgãos públicos de saúde para conter o avanço da doença.

"Esse cuidado acontece em razão da prova envolver diversas áreas da cidade, contar com uma expo aberta ao público e a participação de atletas de vários países que visitariam o Brasil", explicou, por meio de nota, a organização da Maratona de São Paulo. Na sexta-feira, as inscrições de novos participantes já haviam sido suspensas.

Torneios esportivos, jogos, campeonatos e outras atividades dos centros esportivos da Prefeitura de São Paulo também serão interrompidos por tempo indeterminado, cancelando inclusive atividades já programadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.