Portela é a exceção no fim de semana

A judoca foi a única brasileira a conquistar medalha em eventos da Copa do Mundo no masculino e no feminino

BUDAPESTE, O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2012 | 03h02

Dos oito judocas brasileiros que subiram ao tatame neste fim de semana para duas etapas da Copas do Mundo de Judô na Europa, apenas um conseguiu medalha. Maria Portela faturou o bronze em Budapeste, na Hungria, na categoria até 70kg.

Para chegar à medalha, a judoca venceu a norte-americana Katheleen Sell, a francesa Karine Berger e a sul-coreana Ye-Sul Hwang. Na semifinal, a brasileira perdeu para a cubana Omix Cortes Aldama. Depois, na disputa do bronze, bateu a alemã Iljana Marzok, no seu único ippon no evento.

Por conta dos descartes (ela havia sido vice-campeã desta etapa no ano passado, mas não pontuara em 2010), Portela deve aparecer na próxima atualização do ranking mundial com 10 pontos a mais do que os 460 que tem. Atualmente ela é a 21.ª colocada, fora do grupo das 14 que se classificariam para a Olimpíada deste ano por conta do ranking mundial. Para ir a Londres, ela segue dependendo de um convite como melhor do continente americano não classificada.

Também em Budapeste. Mariana Silva (- 63 kg) perdeu logo na estreia para a holandesa Esther Stam, por ippon, e complicou ainda mais suas chances de ir aos Jogos Olímpicos.

Masculino. Os homens competiram na Copa do Mundo de Oberwart, na Áustria. Leonardo Leite (- 100kg) foi o melhor brasileiro, terminando em sétimo. Não chegou à disputa por medalhas porque caiu frente ao mongol Temuulen Battulga.

Concorrente direto de Leite por uma vaga olímpica, Luciano Corrêa estreou vencendo o ucraniano Dmytro Luchuyn, mas foi eliminado já na segunda luta, por Elmar Gazimov, do Azerbaijão. Com isso, a diferença entre os dois brasileiros, que é de 22 pontos, deve ficar ainda menor na próxima atualização do ranking.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.