Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Porto para na retranca do Gil Vicente

O Porto contou com a presença do atacante brasileiro Hulk, mas não conseguiu superar a retranca do Gil Vicente no Estádio Cidade de Barcelos e ficou no empate por 0 a 0, em sua estreia no Campeonato Português.

LISBOA, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2012 | 03h06

O Sporting também jogou fora de casa, contra o Vitória de Guimarães, e igualmente ficou no 0 a 0.

O técnico do Porto, Vítor Pereira, saiu de campo reclamando da arbitragem, por, segundo ele, não ter marcado um pênalti claro a favor de seu time. "Valeu tudo na área do Gil Vicente. Vi dois jogadores agarrados, agarrados mesmo, ao jogador do Porto dentro da área. Basta ver as imagens", chorou. O treinador do Porto só não quis comentar um pênalti não dado para o time da casa, em toque de mão dentro da área de Otamendi.

O volante André Cunha, do Gil Vicente, ignorou a choradeira do técnico do Porto. "Jogamos muito bem, foi um jogo difícil mas fomos coesos e estamos de parabéns", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.