Portugal faz 4 a 0 e humilha a Espanha em Lisboa

Time domina rival, que o eliminou da Copa, e vence com 'olé' da torcida. Itália empata em jogo marcado por insultos racistas

LISBOA, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2010 | 00h00

Portugal fez ontem uma de suas melhores exibições nos últimos anos. Dominou a atual campeã do mundo, a Espanha, do início ao fim, venceu por 4 a 0, em Lisboa, e saiu de campo sob aplausos do público, que não perdeu a oportunidade de gritar "olé" a cada troca de passes dos donos da casa nos minutos finais.

O amistoso tinha caráter festivo, já que seu principal objetivo era promover a candidatura conjunta dos dois países para a Copa de 2018, mas foi bastante disputado e teve alguns lances violentos. A superioridade de Portugal, eliminado da última Copa do Mundo justamente pela Espanha, foi flagrante. Postiga (2), Carlos Martins e Hugo Almeida marcaram os gols. Cristiano Ronaldo teve boa atuação e quase fez um gol de placa.

Em Klagenfurt, Áustria, a Itália empatou com a Romênia por 1 a 1. Cesare Prandelli promoveu a estreia de quatro jogadores, como o argentino naturalizado Ledesma, mas precisou de Quagliarela para empatar o duelo aos 37 do 2.º tempo. O destaque negativo ficou com parte da torcida italiana. Cerca de 100 ultras proferiam insultos racistas a cada vez que o atacante Balotelli, filho de ganeses, tocava na bola.

A seleção francesa parece estar se recuperando do vexame da Copa da África do Sul. Ontem, o time comandado por Laurent Blanc derrotou uma desfalcada Inglaterra por 2 a 1, em Wembley. A França "em reconstrução", conforme afirma Blanc, triunfou graças aos gols de Benzema e Valbuena - Crouch descontou para os ingleses no fim.

Desde que Blanc assumiu o lugar de Raymond Domenech, demitido após a eliminação noMundial, a França fez seis jogos. Começou a série com derrotas preocupantes, para Noruega e Bielo-Rússia, mas reagiu diante de Bósnia, Romênia e Luxemburgo (é líder de seu grupo nas Eliminatórias da Euro-2012).

Euro-2012. A Uefa realizou dois jogos pelas Eliminatórias. No Grupo F, a Croácia assumiu a liderança ao vencer Malta por 3 a 0, em Zagreb. Pelo E, enfrentaram-se as duas piores seleções da chave liderada pela Holanda. Em Helsinque, a Finlândia conseguiu sua primeira vitória ao derrotar San Marino por 8 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.