Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Portuguesa e São Caetano jogam pressionados no ABC

As duas equipes foram derrotadas na última rodada e precisam vencer para não se distanciarem do G-8

SÃO CAETANO DO SUL, O Estado de S.Paulo

26 de fevereiro de 2012 | 03h03

São Caetano e Portuguesa jogam pressionados neste domingo, às 18h30 no Estádio Anacleto Campanella, no ABC. As duas equipes foram derrotadas na última rodada e precisam de um bom resultado, sob pena de se distanciarem perigosamente do grupo das oito melhores do Campeonato Paulista, que disputarão a próxima fase.

Para uma equipe que no ano passado vinha encantando sua torcida - que a apelidou de Barcelusa por causa da campanha que garantiu a volta à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro - o time da Portuguesa vem deixando a desejar. A campanha no Estadual tem sido modesta: três vitórias, três empates, três derrotas e 12 pontos ganhos e o time fora da zona de classificação. No último confronto, perdeu para o Corinthians por 2 a0.

A boa notícia é a contratação do meia Diego Souza, que estava no Vegalta Sendai, do Japão. O jogador não atuará contra o São Caetano por causa de problemas de documentação, mas a expectativa é de que possa integrar o time titular da Portuguesa já na próxima partida, pois vem treinando com o grupo comandado por Jorginho, que há muito vinha pedindo por um jogador experiente na posição para substituir Marco Antônio, que foi para o Grêmio.

Sequência. Com um ponto a menos que o rival na tabela do Paulista (11), o São Caetano precisa fazer valer o fato de jogar diante de sua torcida. O time comandado por Márcio Araújo vem de duas derrotas consecutivas por 1 a 0 - para Corinthians e Mogi Mirim - e um terceiro resultado negativo poderia deixá-lo muito longe do grupo dos oito classificados para a próxima fase. A boa notícia é a possibilidade da volta do atacante Geovanne, que não enfrentou o Mogi na última rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.