Portuguesa vence em casa e deixa a zona de rebaixamento

Em um dos "duelos dos desesperados" da 32ª rodada (o outro é Vasco x Atlético-PR hoje), a Portuguesa deu, ontem, um passo importante para fugir do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Venceu o Ipatinga, adversário direto na luta para escapar da degola, por 2 a 0, no Canindé. Com o resultado, a Lusa pulou temporariamente para a 14ª posição e deixou o Náutico segurando uma inglória colocação entre os quatro times que caem para a Série B de 2009. Acompanhe online o confrontoOs donos da casa não deram chance alguma para os lanternas da competição. Cientes da importância de uma vitória nas condições que ambas as equipes estão, procuraram o ataque desde o início da partida. Logo aos 14 minutos, o atacante Edno correu pela esquerda, chutou rasteiro e o goleiro Fernando falhou, espanando a bola direto nos pés do meia Fellype Gabriel: 1 a 0.A vantagem garantiu certa tranqüilidade ao time do Canindé. Sem o atacante Adeílson, o Ipatinga pouco podia ameaçar a meta do goleiro Gottardi. E o primeiro tempo acabou assim mesmo, sem mais gols.No intervalo, o "professor" Estevam Soares avisou seus comandados: era preciso liquidar logo a fatura, respirar fora da zona da degola e praticamente sacramentar o rival na lanterna, posição em que correu quase todo o campeonato. Bom aluno, Fellype Gabriel cumpriu à risca as determinações do treinador. Aos nove minutos, de novo, marcou depois de uma reposição de Gottardi que Edno ajeitou de cabeça.A Portuguesa chega à partida contra o Flamengo, domingo, no Maracanã, um pouco mais tranqüila. Empate já será motivo de festa.Em Porto Alegre, Internacional e Náutico empataram por 1 a 1. Já o Coritiba, em casa, bateu o Atlético-MG, de virada, por 2 a 1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.