Powell quer diminuir recorde dos 100 metros para 9s70

O atleta jamaicano Asafa Powell, que ao lado do norte-americano Justin Gatlin possui o recorde mundial dos 100 metros, com 9s77, revelou nesta terça-feira que pode baixar esse tempo para 9s70."Se chegar no meu limite, acho que posso deixar o recorde em 9s70", contou Powell, que participará no próximo domingo no Meeting de Atletismo de Gateshead, na Inglaterra. Gatlin, em princípio inscrito para a prova, não disputará o evento.No entanto, Powell diz que não está surpreso pela ausência do norte-americano. "Acho que meu rival ainda não está em condições de me enfrentar", provocou o jamaicano. O esperado duelo entre os homens mais rápidos do mundo só deve acontecer no dia 28 de julho, em Londres."Este duelo é positivo para o esporte, e todos esperam com interesse. Londres tem uma pista muito boa e quero conseguir algo especial lá. Não queremos dividir o recorde mundial. Acredito que algum de nós vai superá-lo em alguma competição", afirmou Powell.Gatlin tinha estabelecido o recorde mundial dos 100 metros em 9s76, no dia 12 de maio, no Meeting de Atletismo de Doha, no Qatar. Mas, o tempo foi corrigido cinco dias depois pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF) para 9s77, o mesmo de Powell.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.