Prata no Pan, dupla brasileira dos saltos ornamentais é penúltima no Mundial

Medalhistas de prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, as brasileiras Ingrid Oliveira e Giovana Pedroso deixaram a disputa sincronizada da plataforma de 10 metros dos saltos ornamentais logo nas eliminatórias no Mundial de Esportes Aquáticos de Kazan. Nesta segunda-feira, elas ficaram em penúltimo lugar na fase classificatória.

Estadão Conteúdo

27 de julho de 2015 | 13h02

Entre 16 duplas, Ingrid e Giovana só tiveram desempenho melhor do que a parceria de Cingapura, somando 256,32 pontos. O resultado foi bem inferior ao que rendeu a medalha de prata em Toronto, onde as brasileiras fizeram 291,36 pontos.

Nas eliminatórias, as chinesas Ruolin Chen e Huixia Liu tiveram a maior pontuação, com 330,24. As 12 melhores duplas avançavam para a final. Já as canadenses Meaghan Benfeito e Roseline Filion, que levaram o ouro no Pan, tiveram o segundo melhor desempenho das eliminatórias, com 313,26. E a última dupla classificada para a disputa de medalha era formada pelas sul-coreanas Suji Kim e Eunji Ko, com 273,42 pontos.

Ingrid e Giovana voltam a competir em Kazan nesta quarta-feira, quando será disputada a eliminatória da prova individual da plataforma de 10 metros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.