Prefeitura de Niterói bancará ginástica do Flamengo

Prefeitura bancará os custos da ginástica rubro-negra, que giram em torno de R$ 80 mil por mês

Bruno Lousada, Agencia Estado

26 de janeiro de 2009 | 08h25

Depois de praticamente fechar as portas para Diego Hypólito, Daniele Hypólito e Jade Barbosa, a diretoria do Flamengo anunciou no fim da noite de domingo uma reviravolta no caso. Em nota oficial, avisou que fechará nesta segunda-feira um patrocínio com a Prefeitura de Niterói para manter a modalidade. O acordo será firmado às 15 horas, no gabinete do prefeito de Niterói, Jorge Roberto da Silveira.   A assinatura do contrato será feita em uma reunião que contará com a presença dos três ginastas, do presidente do Flamengo, Marcio Braga, e de outros dirigentes - entre eles João Henrique Areias, responsável pela reestruturação dos esportes olímpicos do clube.   A Prefeitura de Niterói bancará os custos da ginástica rubro-negra, que giram em torno de R$ 80 mil por mês. No domingo, Areias havia informado que uma grande organização havia demonstrado interesse em investir na modalidade depois que o clube carioca anunciou que não renovaria os contratos de Diego, Daniele e Jade Barbosa, mas não quis revelar o nome do patrocinador.   Areias contou ainda que a coletiva realizada sexta-feira na Gávea, em que Diego adotou um tom de despedida do clube com um discurso emocionante, ao mesmo tempo em que Marcio Braga anunciou que os três atletas estavam liberados para procurar outros clubes, sensibilizou algumas pessoas, que passaram a ter interesse em investir na ginástica do Flamengo.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.