'Prefiro acreditar na dignidade dos times', diz Tite

Felipão, técnico do Palmeiras, foi irônico ao dizer que escalaria os titulares diante do Fluminense e reservas na Sul-Americana, hoje, contra o Goiás. Tirar ponto dos cariocas seria dar ajuda ao Corinthians, algo pouco provável pelo lado verde, ainda mais pela pressão da torcida. Em Barueri, o Palmeiras terá um time remendado frente os líderes. Tite, no entanto, afirmou não acreditar que o Palmeiras pode entregar para o Flu. "O Felipão é campeão do mundo, e campeão do mundo se respeita", declarou. "Prefiro acreditar na dignidade dos times, como fez o Internacional contra o Botafogo, que, ao vencer, ajudou um rival (o Grêmio) na luta por vaga na Libertadores."

Fábio Hecico, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2010 | 00h00

Mário Gobbi, diretor do Corinthians, também evitou entrar em polêmica e falar algo do rival. "Estamos aqui há 3 anos, todos me conhecem bem, eu tenho por princípio não falar ou comentar nada a respeito de outros times."

O dirigente garantiu que o clube não dará mala branca ao Guarani para ao menos empatar com o Fluminense, na última rodada. "O Corinthians vai se preocupar com ele, continuar fazendo o que fez no campeonato todo. Temos de ganhar as duas partidas e torcer para o Fluminense não ganhar uma das duas."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.