Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Presidente da CBB celebra apoio do COB após reunião com Nuzman

O novo presidente da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), Guy Peixoto, celebrou o resultado de uma reunião com dois dos principais dirigentes do Comitê Olímpico do Brasil (COB). Na última segunda-feira, ele se encontrou com o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, e o diretor executivo, Agberto Guimarães, e saiu satisfeito com o que ouviu.

Estadao Conteudo

28 de março de 2017 | 16h26


"O COB reforçou total apoio à nossa gestão, o que é importante, pois temos sempre que agregar força para recolocarmos o basquete no seu lugar de direito. A conversa com o presidente Nuzman e meu conterrâneo Agberto, que me receberam muito bem, foi extremamente positiva", declarou em nota publicada pela CBB nesta terça.


Guy assumiu o comando da CBB no dia 10 de março como sucessor de Carlos Nunes e encontrou um cenário complicado. A dívida da entidade é de R$ 10 milhões e, por causa da suspensão aplicada pela Federação Internacional de Basquete (Fiba), não está recebendo o repasse da Lei Agnelo Piva.


A ideia de Guy era ter se reunido nas últimas semanas com a Federação Internacional de Basquete (Fiba) para apresentar seu plano emergencial de 100 dias para a CBB e tentar derrubar a punição à entidade, mas o encontro foi adiado em duas oportunidades.


Sem uma nova data para a reunião, a indefinição continua. Com a CBB suspensa pelo menos até maio, times e seleções do Brasil seguem impedidos de disputar competições internacionais. As seleções sub-19 masculina e feminina, por exemplo, aguardam ansiosamente para saber se poderão disputar o Mundial deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
basquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.