Jim Young/EFE - 21/4/2010
Jim Young/EFE - 21/4/2010

Presidente do COI lamenta morte de Samaranch

Jacques Rogge, atual presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), lamentou nesta quarta-feira a morte de Juan Antonio Samaranch, aos 89 anos. Para o belga, o dirigente espanhol, que comandou o COI entre 1980 e 2001, foi o principal responsável pela renovação dos Jogos Olímpicos.

AE, Agência Estado

21 de abril de 2010 | 10h43

Veja também:

linkEx-presidente do COI, Samaranch morre aos 89

"Não tenho palavras para expressar o pesar da família olímpica. Me sinto muito afligido pelo falecimento do homem que deu um grande impulso aos Jogos Olímpicos da era moderna, um homem que me serviu de fonte de inspiração e cujos conhecimentos sobre o esporte eram realmente excepcionais", afirmou, em nota oficial.

Rogge disse ainda que perdeu um amigo e que Samaranch dedicou toda sua vida aos Jogos Olímpicos. "Eu só posso render homenagens aos seus feitos, ao legado que nos deixou e a sua genuína devoção ao Movimento Olímpico e seus valores. Perdemos um grande homem, um mentor e um amigo que dedicou toda a sua vida aos Jogos Olímpicos", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.