Presidente do STF vê exagero em decisão

Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, considerou "desproporcional" a punição a Luis Suárez. Indagado por Sonia Racy, da coluna Direto da Fonte, o ministro afirmou que o jogador deveria ser submetido a avaliação psicológica - "afinal, sua atitude não é corriqueira e ele a repetiu pela terceira vez". A Fifa, acrescentou Barbosa, não mostra o mesmo rigor em situações parecidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.