Presidente Putin pede evolução da Rússia na legislação antidoping

O grande escândalo de doping no esporte russo está gerando preocupação até no governo do país, e nesta quarta-feira foi a vez do presidente Vladimir Putin vir a público pedir mudanças para acabar com os casos. O governante disse que a legislação antidoping local precisa evoluir urgentemente.

Estadão Conteúdo

16 de março de 2016 | 12h58

"É óbvio que nossa legislação antidoping nacional precisa de uma séria melhora", declarou Putin à agência local Tass. "Eu estou pedindo ao governo para trabalhar na questão de aumentar a efetividade da luta nacional contra o doping", completou.

Os inúmeros casos de doping de atletas russos desde o ano passado ganharam um novo capítulo com o anúncio do teste positivo da tenista Maria Sharapova. Ela foi flagrada pelo uso de Meldonium, também conhecido como Mildronato, substância encontrada nas amostras de diversos outros atletas do leste europeu desde então.

Este novo aumento nos casos de doping de atletas russos aconteceu depois do escândalo no atletismo local, que fez com que a modalidade do país fosse excluída das competições internacionais. Isso aconteceu após a Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) detalhar o acobertamento sistemático de casos de doping por parte das autoridades da Rússia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.