Pressão no clássico São Paulo x Palmeiras

Com a promessa de clássico sem incidentes, mas com histórico de inúmeras confusões no ano, São Paulo e Palmeiras fazem apimentado jogo na tarde de hoje, às 16 horas, no Morumbi. Os dois times necessitam da vitória para não deixar o Flamengo disparar na liderança e para não perder o Vitória de vista. Aos donos da casa o triunfo torna-se mais obrigatório após dois péssimos resultados. Acesse e acompanhe onlineCom 14 pontos, o São Paulo vem de derrota para o Náutico, no Recife, e desastroso empate com o Ipatinga, em casa, numa partida em que Alex Silva e Zé Luís discutiram após levar o gol da igualdade e só não se pegaram a tapas em campo porque Rogério Ceni interveio.O Palmeiras tem 18 pontos, mas o empate com o Figueirense no Palestra Itália, na quinta-feira, o obriga a vencer. ''Já empatamos com o Atlético-MG, com o Figueirense e, se perdermos para o São Paulo, vamos ter conseguido só dois pontos em três jogos'', falou o goleiro Marcos. ''É muito pouco.''São Paulo e Palmeiras se enfrentaram três vezes no ano e o time de Vanderlei Luxemburgo levou a melhor em duas ocasiões: 4 x 1 em Ribeirão Preto, na partida de fase classificatória no Estadual, e 2 x 0 no decisivo jogo da semifinal. O Tricolor venceu por 2 a 1 o primeiro confronto da semifinal.Os três encontros foram recheados de confusões dentro e fora de campo. No primeiro, o palmeirense Kléber acertou uma cotovelada no zagueiro André Dias e foi suspenso por três partidas. No segundo, Adriano marcou um gol de mão, validado pelo juiz. E, antes da terceira partida, que ficou marcada pelo gás no vestiário do Palestra Itália, dirigentes dos dois times trocaram acusações.Hoje, no Morumbi, cartolas e jogadores torcem por uma partida sem incidentes. ''A expectativa é de um jogo normal, sem problemas'', declarou Gilberto Cipullo, vice-presidente de futebol do Palmeiras. ''Daremos todo o conforto e segurança aos rivais'', garantiu Carlos Augusto de Barros e Silva, vice-presidente do São Paulo. ''A rivalidade é histórica, mas ficará do lado de dentro do campo.''Para buscar a vitória e chegar aos 21 pontos, o Palmeiras terá o retorno de Kléber, Martinez e Leandro. Miranda, lesionado, é o único desfalque são-paulino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.