Primeira chama dos Jogos Paralímpicos é acesa em Londres

LONDRES - A primeira das quatro chamas que formarão o fogo da tocha dos Jogos Paralímpicos de Londres foi acesa nesta sexta-feira, em cerimônia realizada na praça Trafalgar, na capital britânica.

EFE

24 de agosto de 2012 | 09h58

As quatro chamas serão acesas em dias e regiões diferentes. A de Londres foi a primeira. A segunda chama será acesa em Belfast, no dia 25, a terceira em Edimburgo, no dia 26, e a quarta em Cardiff, no dia 27.

Um dia antes de sua chegada no Estádio Olímpico de Stratford, a tocha será acesa em Stoke Mandeville, a partir do fogo das quatro chamas.

Na cerimônia desta sexta-feira, que contou com a presença do primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, do prefeito de Londres, Boris Johnson, e do presidente do Comitê Organizador dos Jogos (Locog), Sebastian Coe, a atleta Claire Lomas foi encarregada de acender o fogo.

"Os Jogos Olímpicos me fizeram ter orgulho deste país e estou convencido de que os Jogos Paralímpicos nos farão ter mais orgulho ainda", comentou Cameron durante o ato.

O prefeito de Londres, assim como Cameron, acredita que os Jogos Paralímpicos, que serão realizados entre 29 de agosto e 9 de setembro, "deslumbrarão o mundo".

"O ano de 1948 foi incrível para este país. Foi criado o NHS (Serviço de Saúde), foi projetado o primeiro Routemaster- o clássico ônibus londrino- e se iniciou o movimento paralímpico, que cresceu muitíssimo nos últimos anos", explicou Johnson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.