Primo de Éder Jofre estréia no boxe

Um representante de duas das famílias mais bem conceituadas do boxe brasileiro ? Zumbano e Jofre ? estréia nesta terça-feira no pugilismo, no programa de lutas do torneio Forja dos Campeões, a partir das 19h20, no Ginásio do Baby Barioni, na Água Branca, em São Paulo, com entrada franca. É o superpesado Rafael Zumbano, de 22 anos, um garoto que tem o pugilismo no sangue e foi criado num ambiente de boxe. Rafael é neto de Ralph Zumbano, peso leve que foi campeão brasileiro ? ?um bailarino no ringue?, segundo o especialista Newton Campos ?, e representou o Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres (Ralph também foi técnico do pesado Adilson Maguila). Rafael também é primo de Éder Jofre, campeão mundial dos pesos galo e pena, nos anos 60 e 70. A mãe de Éder, Angelina, era irmã de Ralph. Boxeador da Academia Única, de São Paulo, treinado pelo argentino Juan Antonio Diaz, Rafael Zumbano faz nesta terça-feira a sua primeira luta oficial após um ano de preparação, na categoria superpesado, contra um outro estreante, Fernando Gustavo, de Mogi das Cruzes. Será a penúltima luta do programa da Forja dos Campeões, que terá também vários combates de alunos de Acelino Popó Freitas, o campeão mundial dos pesos superpenas. O curioso, observa Newton Campos, é que Rafael é pesado, por ser muito alto ? ?ele é enxuto? ? e estreará em uma categoria bem diferente daquelas nas quais lutaram seu avô e primo. ?Nessa categoria, a chance de nocaute é enorme e também por isso há uma expectativa muito grande em torno do combate.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.