Márcio Fernandes/Estadão<br>
Márcio Fernandes/Estadão

'Professor' Fanning vê bom duelo contra Medina no Havaí

Brasileiro tem australiano como mentor no mundo do surfe e terá chance de disputar título com o amigo nas ondas de Pipeline

PAULO FAVERO - Enviado Especial a Peniche, O Estado de S. Paulo

21 de outubro de 2014 | 07h45

A disputa do título do Circuito Mundial de Surfe será marcada não somente por um encontro de três gerações - com Kelly Slater (42 anos), Mick Fanning (33) e Gabriel Medina (20) -, como também terá o duelo entre professor e aluno nas ondas de Pipeline, no Havaí, de 8 a 20 de dezembro.

Logo que entrou na elite do surfe, Gabriel Medina teve como mentor o australiano Mick Fanning. Os dois são patrocinados pela mesma marca, a Rip Curl, e ficaram juntos durante uma temporada havaiana. "Foi muito legal, ele é um garoto incrível e um grande surfista. É um dos mais perigosos do Circuito e encara as grandes ondas", explicou Fanning.

Ele evita o rótulo de professor e se mostra à disposição para colaborar no desenvolvimento do brasileiro. "Eu fico feliz de poder ajudar qualquer um. Se o título vier para mim, será incrível. Mas agora vou voltar para casa, ver minha família e descansar alguns dias", avisou o australiano, ciente de que sua experiência pode ajudar. "Sei que já ter passado por isso faz a diferença, mas qualquer coisa pode acontecer".

Mick Fanning sabe que a frustração de Gabriel Medina na etapa portuguesa de Peniche pode ser revertida em força para o próprio garoto. "O Gabriel está faminto e vai lutar muito. Será uma etapa bem divertida e vou tentar procurar aproveitar as oportunidades. Se tiver apenas um tiro, tenho de dar. Vou continuar trabalhando duro e curtindo as ondas que conseguir pegar", afirmou o tricampeão mundial.

Para ficar com o tetracampeonato, Mick Fanning necessita obrigatoriamente ter um bom desempenho em Pipeline. Ele precisa chegar no mínimo às quartas de final para continuar sonhando. Com três conquistas, sabe bem o caminho das pedras. "Quando disputei o título, também aprendi muito vendo os outros. Foi assim com o Andy Irons. Desejo sorte ao Gabriel", concluiu.

CENÁRIOS DO TÍTULO NO HAVAÍ
- Se Gabriel Medina for 1º ou 2º - Será campeão.
- Se Gabriel Medina for 3º  ou 5º - Fanning não pode vencer e Slater está fora.
- Se Gabriel Medina for 9º - Fanning não pode chegar à final e Slater está fora.
- Se Gabriel Medina for 13º ou 25º - Fanning não pode chegar às quartas de final e Slater não pode ser campeão. 

*Detalhe aqui é que se o australiano for quinto lugar, ele disputará uma bateria contra o brasileiro (Surf Off) para ver quem fica com o título mundial.
Tudo o que sabemos sobre:
surfeMick FanningGabriel Medina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.