Projeto ensina esportes a carentes

O Projeto Runefun, uma idéia simples, unindo esporte e cidadania, está dando novo rumo à vida de 119 crianças da Favela San Remo, próxima à Faculdade de Educação Física da Universidade de São Paulo (USP). Mário Sérgio Andrade Silva, um personal trainer costuma usar as dependências do Cepeusp, o centro esportivo da Universidade, para dar aulas ao ar livre, aos sábados - a maioria de seus clientes é formada por executivos, que ficam confinados em espaços fechados durante a semana. "Passei a prestar atenção nas crianças que tomavam conta dos carros e comecei a pensar se não seria possível fazer algo por elas", conta. "A idéia era montar uma fundação, mas depois vi que não precisava complicar tanto."Leia mais no O Estado de S.Paulo

Agencia Estado,

03 de junho de 2001 | 07h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.