''Pronto para retornar à seleção''

Ronaldinho afirma ter retomado nível de 2005, seu auge, embora muitos desconfiem. Hoje será visto de perto por Mano

, O Estado de S.Paulo

16 de outubro de 2010 | 00h00

Mano Menezes dá início hoje à sua trajetória de "olheiro" internacional. Depois do amistoso da seleção brasileira contra a Ucrânia (vitória por 2 a 0), na Inglaterra, o técnico permaneceu na Europa para observar de perto possíveis convocados. Ronaldinho Gaúcho é o mais cotado para a lista. O craque do Milan estará em campo hoje, a partir das 13 horas (de Brasília), contra o Chievo, e Mano já garantiu presença nas arquibancada.

Ao contrário de seus companheiros de time (Thiago Silva, Alexandre Pato e Robinho), Ronaldinho Gaúcho não é convocado para representar o Brasil desde março de 2009. Mas a ótima fase que vive no clube pode mudar essa história. Tanto que Mano Menezes já combinou de conversar com o meia para saber se ele ainda tem interesse e vontade de jogar pela seleção.

Assis, irmão de Ronaldinho, avisou que o craque tem interesse e está pronto para retornar. O próprio jogador declarou, em entrevista ao jornal espanhol As, estar de novo no auge da carreira, mesmo com 30 anos. "Me vejo no mesmo nível (de 2005, quando foi eleito o melhor do mundo). Porém, naquela ocasião vinha de ganhar muitos títulos. Isso é o que me falta agora", afirmou.

Hoje, a missão de Ronaldinho é repetir as boas façanhas. Mas o adversário promete complicar. Chievo tem só um ponto a menos que o Milan e tenta se recuperar depois de dois jogos sem vencer (perdeu para a Lazio e empatou com o Cagliari).

O time de Ronaldinho, por sua vez, não perde há quatro rodadas e ainda contará com o apoio da torcida. No entanto, o time tem um desfalque: o atacante Zlatan Ibrahimovic reclamou de problemas estomacais durante a semana e não deve jogar. Dessa forma, Mano Menezes deve ver um Milan com um ataque brasileiro, formado por Robinho e Alexandre Pato, que foi titular nos amistosos contra Irã e Ucrânia.

Mais jogos. Depois de ver a partida do Italiano, o técnico Mano Menezes continua na Europa para acompanhar dois jogos da Copa dos Campeões. O técnico da seleção já confirmou lugar no confronto entre Real Madrid e Milan, na terça, e Inter de Milão x Tottenham, na quarta, pela Copa dos Campeões.

Se depender do volante Felipe Melo, em baixa, Mano Menezes estica a temporada na Europa. Pelo menos para vê-lo atuando pela Juventus. "Eu fiquei sabendo que ele vai passar algum tempo na Europa assistindo a alguns jogos. Isso é bom, eu vou convidá-lo para acompanhar a gente, talvez um Milan x Juventus", disse ao jornal Gazzetta dello Sport. O técnico, porém, ainda não respondeu ao pedido.

A próxima convocação ocorrerá em novembro para o amistoso contra a Argentina, que será realizado em Doha, no Catar, no dia 17. Já no ano que vem, a seleção já tem agendados confrontos com França e Alemanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.