Daniel Sobral/Futurapress
Daniel Sobral/Futurapress

Protesto de atletas derruba secretário de Esportes em São Caetano

Éder Xavier foi demitido após pressão de atletas de 16 modalidades, que fizeram passeata

Amanda Romanelli, Agência Estado

20 de fevereiro de 2014 | 16h24

SÃO CAETANO - Um protesto organizado por atletas e técnicos de 16 modalidades esportivas derrubou nesta quinta-feira o secretário de Esportes de São Caetano do Sul, Éder Xavier (PC do B). A passeata foi liderada por Marcos Goto, técnico do ginasta Arthur Zanetti, atual campeão olímpico e mundial nas argolas.

Zanetti não participou da passeata, para não expor seus patrocinadores, mas compareceu à prefeitura, onde está reunido com o prefeito Paulo Pinheiro (PMDB). O ginasta e os demais atletas e treinadores cobram o pagamento de cinco meses de salários atrasados.

A demissão do secretário foi causada pela pressão do grupo de esportistas, que atravessaram as principais ruas da cidade nesta quinta. Eles partiram do clube onde Zanetti treina e caminharam até o prédio da prefeitura. Cerca de 300 pessoas participaram do protesto pacífico que durou 2h30min.

Eles decidiram realizar a passeata depois que a prefeitura prometeu, mas não efetivou o pagamento dos salários. O técnico Marcos Goto teria condicionado a sua permanência, e a de Zanetti, na cidade ao desembolso dos salários. Para evitar a fuga dos atletas, Paulo Pinheiro decidiu demitir seu secretário de Esportes.

Segundo informações dos esportistas, a prefeitura já conta com o dinheiro para saldar os salários, mas o secretário teria adiado o pagamento para fazer uma avaliação geral dos gastos de sua pasta. Éder Xavier assumiu o cargo de secretário em novembro, período que coincide com a ausência de pagamento dos salários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.