Protesto na França ataca de vuvuzelas

CORNETEIROS

AP, O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2010 | 00h00

Depois de aborrecer os jogadores franceses na Copa do Mundo, as vuvuzelas apareceram também nas ruas de Paris para infernizar os ouvidos do presidente Nicolas Sarkozy, num protesto contra o plano de aumentar a idade de aposentadoria de 60 para 62 anos. Manifestações foram organizadas em várias cidades. E lá estavam as cornetas africanas, cujo som sempre trará más lembranças para o futebol francês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.