Ralph Orlowski/ Reuters
Ralph Orlowski/ Reuters

Prova de ciclismo é cancelada após ameaça terrorista na Alemanha

Casal é preso com material para construção de bombas

Estadão Conteúdo

30 de abril de 2015 | 15h33

Uma das mais tradicionais provas ciclísticas da Alemanha, em Frankfurt, anualmente disputada em 1.º de maio, não vai ser realizada nesta temporada. Nesta quinta-feira, na véspera do evento, os organizadores decidiram cancelá-la depois que um casal foi preso próximo ao trajeto da prova portando material para construção de bombas.

De acordo com o departamento de polícia do estado de Hesse, onde fica Frankfurt, a prova foi cancelada por conta da "indicação de um possível temor da população" com a possibilidade de um ataque terrorista.

O casal preso, apontado como extremistas islâmicos pela polícia, foram presos na madrugada desta quarta-feira. Na casa deles, em Oberursel, as autoridades encontraram uma bomba, armas de fogo, munição e produtos químicos utilizados para a fabricação de bombas.

Autoridades de segurança da Alemanha afirmaram nesta quinta-feira que eles suspeitam que os terroristas pretendiam repetir o modelo de ataque que matou três pessoas e feriu outras 170 na Maratona de Boston (EUA), em 2013.

Tudo o que sabemos sobre:
ciclismoterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.