Provocação a Ronaldo vira arma para Mano: ''Aprendi a não mexer com fera''

Quem nunca ouviu "não cutuque onça com vara curta"? Pois foi o que o vice-presidente de futebol do São Paulo, Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, fez. Provocou o atacante Ronaldo dizendo que o corintiano, na época em que era jogador, "jamais daria uma entrada como a que deu em André Dias." Indiretamente disse que o Fenômeno é um ex-atleta, e deu arma ao Corinthians para a semifinal."Encaro (a declaração) como um incentivo maravilhoso para nós", comemorou Mano Menezes. O técnico não chegou a comentar o assunto com Ronaldo. Mas adorou e respondeu a Leco desta maneira: "Aprendi na minha trajetória que fera você deixa quieta. Estou muito feliz com esse incentivo."Ronaldo se prepara para o jogo de volta das semifinais do Paulista faz uma semana. Foi poupado diante do Misto-MS, pela Copa do Brasil, justamente para entrar com força total no Morumbi. E, diferentemente de Souza, que enfrenta dura luta com a bola e com o gol, o camisa 9 está com a pontaria e com a sorte em dia. Ontem, enquanto alguns titulares apenas correram em volta do campo do Parque Ecológico, ele balançava as redes ao lado de Dentinho. Num lance, carimbou a trave, viu a bola bater nas costas do goleiro Rafael e entrar. Os companheiros batiam palmas a cada gol de seu centroavante. Só se assustaram ao vê-lo com o nariz sangrando no fim do trabalho. O clube disse ter sido por causa do ar seco."Ele descansou para domingo estar voando, ajudando a gente a ir à final", comemora Dentinho, talvez o único parceiro do Fenômeno. Isso porque Mano deixa uma vaga em aberto no time. Quatro estão na disputa, segundo ele: Jorge Henrique, Fabinho, Boquita e Morais.Se depender dos jogadores, porém, Jorge Henrique sai na frente. "Vai ser um jogo bem difícil, mas nossa equipe não pode recuar, pensando apenas no empate", afirmou Dentinho. Ontem, Cristian falou por 20 minutos ao TJD. Disse não ter desrespeitado o São Paulo com o gesto que fez. A decisão ficou para semana que vem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.