Pugilista é assassinado na Colômbia

O boxeador juvenil Efren Granados foi assassinado com vários disparos ao tentar impedir que sua bicicleta fosse roubada. O rapaz, de apenas 18 anos, foi abordado por alguns homens no bairro de El Refugio, onde morava com a sua família. O pai do esportista, Manuel Granados, reconheceu o corpo do filho esta madrugada. Granados estava planejando viajar a Cartagena, costa norte da Colômbia, para tentar disputar torneios em Bogotá.

Agencia Estado,

02 de janeiro de 2002 | 11h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.