Punições prejudicam Scheidt na França

Duas punições (uma em cada regata) atrapalharam o iatista Robert Scheidt, pentacampeão mundial da classe Laser, no início dos Jogos Mundiais da Federação Internacional de Vela (ISAF), em Marselha, na França. O brasileiro, que tenta um título inédito, foi sexto e quarto colocado, respectivamente, nas duas primeiras regatas da competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.