Alexey Druzhinyn/EFE
Alexey Druzhinyn/EFE

Putin diz que Rússia será transformada pela Copa de 2018

Primeiro-ministro espera aumento da qualidade de vida e redução da criminalidade no país

AE-AP, Agência Estado

16 de dezembro de 2010 | 10h54

A Copa do Mundo de 2018 vai aumentar a qualidade de vida na Rússia, além de ajudar a reduzir a criminalidade e tornar o país mais saudável, disse o primeiro-ministro Vladimir Putin nesta quinta-feira. Ele também afirmou que os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014 em Sochi vão trazer infraestrutura para a cidade próxima ao Mar Negro, o que nunca poderia ocorrer de outra forma.

Trazer os dois eventos esportivos para a Rússia foi um objetivo de Putin como parte de um amplo esforço para aumentar o prestígio do país no exterior e produzir benefícios. A Rússia pretende gastar pelo menos US$ 10 bilhões (cerca de R$ 17 bilhões) para melhorar a infraestrutura das 13 cidades que vão sediar jogos da Copa, mas apesar dos enormes gastos, os moradores vão colher as recompensas nos próximos anos, disse Putin.

"Haverá menos criminalidade, menos consumo de drogas", afirmou. "No final das contas é uma influência exclusivamente positiva sobre o futuro do país". Ele ressaltou que os estádios deixarão um legado para a Rússia. "Tudo isso vai ser deixado para o povo, e servi-lo durante décadas. Vai facilitar um modo de vida saudável". A Copa do Mundo representa "um desenvolvimento poderoso de toda infraestrutura em território europeu para o país", disse Putin.

A Rússia também promete remodelar Sochi em um projeto orçado em mais de US$ 30 bilhões (em torno de R$ 51 bilhões) na preparação para os Jogos de Inverno de 2014. Putin admitiu que, se não fosse pela a Olimpíada, a região poderia permanecer negligenciada. "Eu odeio dizer isso, mas talvez em 100 anos não faríamos o que estamos fazendo agora, ou talvez nunca faríamos isso", disse Putin.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.