Ben Stansall/Reuters
Ben Stansall/Reuters

Quase pronta para os Jogos Olímpicos de 2012, Londres mira fase de testes

Cidade praticamente finalizou construção do Parque Olímpico com 12 meses de antecedência

Daniela Milanese, Agência Estado

27 de julho de 2011 | 10h58

LONDRES - A um ano da abertura, Londres está quase pronta para a Olimpíada de 2012. Como planejado, a cidade conseguiu praticamente finalizar a construção do Parque Olímpico com 12 meses de antecedência e agora entra numa fase de testes. Os organizadores dos Jogos dizem que o projeto está dentro do orçamento.

Uma série de eventos pelo país marca o início da contagem regressiva, nesta quarta-feira, na capital britânica. À noite (no horário local), o prefeito Boris Johnson fará o convite oficial para os Jogos de 2012, numa cerimônia em Trafalgar Square, onde um relógio gigante aponta os dias que faltam para a chegada da competição - e na manhã desta quarta marcava equivocadamente 299 dias. Também serão apresentados os modelos das medalhas dos Jogos, desenhadas pelo artista britânico David Watkins.

Segundo os organizadores, 88% da construção do Parque Olímpico está finalizada, ficando faltando apenas detalhes. Já havia sido anunciado o término das obras do Estádio Olímpico, do velódromo, das arenas de handebol e basquete e do centro de imprensa internacional. Nesta quarta, está sendo apresentado o Parque Aquático, projetado pela arquiteta iraquiana Zaha Hadid, cuja construção foi iniciada em junho de 2008 e que custou 269 milhões de libras (cerca de R$ 673 milhões). O inglês Tom Daley fará o primeiro mergulho na piscina olímpica nesta quarta à tarde. "Não há nada que tire o meu sono à noite", disse o presidente do Comitê Organizador da Olimpíada de 2012, Sebastian Coe.

O resultado é fruto de muito planejamento. O Estádio Olímpico, que abrigará as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos, teve o projeto finalizado em 2007 e a construção iniciada no ano seguinte, portanto quatro anos antes da estreia - o custo ficou em 500 milhões de libras (cerca de R$ 1,25 bilhão).

Os organizadores dizem que as obras do Parque Olímpico de Londres estão dentro do orçamento de 2007. O custo inicial do evento foi traçado em 4 bilhões de libras (R$ 10 bilhões) em 2005, quando a cidade foi escolhida como sede. Dois anos depois, o governo teve de elevar o número para 9,3 bilhões de libras (R$ 23,3 bilhões), valor considerado atualmente.

Tudo o que sabemos sobre:
Londres 2012Sebastian CoeOlimpíadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.