AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Quatro esquiadores russos são banidos de Jogos de Inverno por doping em Sochi

Outros dois esquiadores já haviam sido punidos na semana passada

Estadão Conteúdo

09 Novembro 2017 | 11h18

Novos casos de doping no esporte russo foram revelados nesta quinta-feira. A federação de esqui cross-country do país confirmou que quatro atletas da modalidade foram flagrados por uso de substâncias proibidas na Olimpíada de Inverno de Sochi, realizada em 2014.

+ Ouro na maratona do Rio-2016, queniana é suspensa por 4 anos por doping

+ De volta a Londres, Mo Farah encerra parceria com técnico acusado de doping

A federação anunciou também que os quatro atletas em questão tiveram os resultados desqualificados pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e foram banidos dos Jogos de Inverno para sempre.

Com isso, a Rússia perdeu as três medalhas de prata conquistas em Sochi por Maxim Vylegzhanin, um dos nomes flagrados no antidoping. Os outros três atletas foram Alexei Petukhov, Yulia Ivanova e Evgenia Shapovalova, que não subiram no pódio há três anos.

Já são seis os casos de doping envolvendo esquiadores cross-country da Rússia em Sochi, já que Alexander Legkov, ouro na corrida de 50km, e Evgeny Belov haviam sido punidos na semana passada. A federação da modalidade no país prometeu apelar contra as sanções anunciadas nesta quinta-feira.

Mais conteúdo sobre:
Doping Rússia Olimpíada de Inverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.