Kai Forsterling/EFE
Kai Forsterling/EFE

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Queniana Jepkosgei volta a bater recorde mundial da meia maratona em Valência

Fundista completa prova espanhola de 21km em 1h04min51s, um segundo mais rápido que a marca anterior

Estadão Conteúdo

22 Outubro 2017 | 11h14

A queniana Joyciline Jepkosgei venceu neste domingo a Meia Maratona de Valência, na Espanha, e selou o novo recorde mundial da distância. A atleta completou os pouco mais de 21km pelas ruas da cidade em 1h04min51s, garantindo o triunfo e a nova melhor marca.

+ Bronze no Rio-2016, norte-americano vence a maratona de Chicago

A quebra do recorde confirmou o grande momento vivido por Jepkosgei. Afinal, a antiga melhor marca da história na distância era dela própria, com 1h04min52s registrada em Praga, na República Checa, em abril. Na ocasião, ela quebrou também o recorde dos 10km e 15km ao longo da disputa.

"Foi a minha primeira corrida em Valência. Eu me diverti muito, o clima é ótimo, o circuito é perfeito para correr rápido", declarou a jovem queniana, que completará 24 anos em dezembro. "Eu espero estar de volta aqui em março, para o Campeonato Mundial de Meia Maratona."

O Quênia, aliás, viveu um domingo perfeito na prova feminina. Afinal, atrás de Jepkosgei chegaram duas atletas do país. A segunda colocada foi Fancy Chemutai, com o tempo de 1h05min36s, e a terceira foi Lucy Cheruiyot, com 1h07min30s.

Na prova masculina, Abraham Cheroben, do Bahrein, venceu pela terceira vez nos últimos quatro anos em Valência, ao completar a distância em 59min11s. A Etiópia completou o pódio com Leul Gebresilase em segundo, com o tempo de 59min12s, e Fikadu Haftu em terceiro, com 59min22s.

Mais conteúdo sobre:
Atletismo Atletismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.