Tim Ireland/AP
Tim Ireland/AP

Queniana Mary Keitany vence Maratona de Londres e bate recorde mundial

É a terceira vez que a fundista cruza a linha de chegada em primeiro lugar; Daniel Wanjiru venceu no masculino

Estadão Conteudo

23 de abril de 2017 | 11h26

A corredora queniana Mary Keitany quebrou o recorde mundial feminino e venceu pela terceira vez na sua carreira a Maratona de Londres, neste domingo. O triunfo na prova masculina foi de Daniel Wanjiru, também do Quênia. Keitany, de 35 anos, completou os 42,2 quilômetros em 2h17min01s, superando em 41 segundos o recorde da britânica Paula Radcliffe, que vigorava há 12 anos.


A britânica aposentada ainda possui uma marca mundial, registrada em 2003, com o tempo de 2h15min25, em uma prova com dois "coelhos" homens, o que provocou uma longa briga para ser apontado como um recorde pela Associação Internacional das Federações de Atletismo. A entidade, depois de oito anos de disputa, até reconheceu a marca, mas decidiu que só tempos obtidos em corridas exclusivamente femininas passariam a ser aceitas depois do impasse.



Keitany estava no ritmo para quebrar esse recorde mundial absoluto até a metade da corrida deste domingo na capital britânica, realizada em condições ensolaradas, mas não conseguiu mantê-lo até o final. Ela ainda correu para a vitória, a terceira em Londres, onde havia vencido em 2011 e 2012, e também assegurou o recorde feminino. A etíope Tirunesh Dibaba ficou 55 segundos atrás de Keitany, enquanto Aselefech Mergia, também da Etiópia, foi a terceira colocada.


A prova feminina da Maratona de Londres não contou com a participação de sua atual campeã, a queniana Jemima Sumgong, que testou positivo para EPO em um exame antidoping fora do período de competições, realizado no seu país, em fevereiro.


A corrida masculina acabou ficando marcada pela primeira vitória de Wanjiru, de 24 anos, em uma das principais maratonas do mundo, com o tempo de 2h05min48. Ele foi apenas nove segundos mais rápido do que Kenenisa Bekele, da Etiópia, enquanto o queniano Bedan Karoki foi o terceiro.



OUTROS RESULTADOS

O queniano Albert Korir venceu neste domingo a Maratona de Viena com uma marca pessoal de 2h08min40. Ele nunca havia ganhado antes uma maratona. Também com o melhor registro da sua vida, a queniana Nancy Kiprop, de 37 anos, triunfou na prova feminina em 2h24min20. Esse também foi o segundo melhor tempo da história desse evento.


Ainda neste domingo, o etíope Tsegaye Mekonnen e a portuguesa Jessica Augusto venceram a Maratona de Hamburgo.

Tudo o que sabemos sobre:
AtletismoatletismoMaratona de Londres

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.