Queniana quebra recorde da maratona

A queniana Catherine Ndereba quebrou o recorde mundial da maratona, ao vencer a prova de Chicago neste domingo. Ela completou o percurso em 2h18m47s, superando a marca da japonesa Naoko Takahashi (2h19m46s), que foi conseguida no dia 30 de setembro, em Berlim.Aos 29 anos, Catherine Ndereba já venceu duas vezes a Maratona de Boston e também foi a primeira colocada na prova de Chicago no ano passado. Pela vitória neste domingo, ela recebeu um prêmio de US$ 75 mil e ainda ganhou US$ 100 mil por ter quebrado o recorde.O Quênia também dominou a prova masculina de Chicago. O vencedor foi o queniano Ben Kimondiu, com o tempo de 2h08m52s, seguido por seus compatriotas Paul Tergat e Peter Githuka, respectivamente, segundo e terceiro colocados.

Agencia Estado,

07 de outubro de 2001 | 14h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.