Queniano insinua reprovação à vitória de Cesar Cielo no Mundial em Xangai

Jason Dunfort, sétimo na prova, colocou os dois polegadores para baixo, na saída da piscina

AP,

25 de julho de 2011 | 14h46

SÃO PAULO - O primeiro triunfo de Cesar Cielo no Mundial de Esportes Aquáticos, em Xangai, após seu envolvimento no caso de doping, foi teoricamente marcado por um protesto. Enquanto o nadador brasileiro comemorava a vitória nos 50 metros borboleta o queniano Jason Dunford, sétimo colocado na prova, fez sinais que insinuaram desaprovação pelo resultado.

Dunford colocou os dois polegares para baixo, na saída da piscina. Outros nadadores viram o que seria a negativa do queniano. Na entrevista coletiva pós prova, o australiano Matthew Target reprovou o gesto, qualificando o adversário de "mau perdedor", e disse compreender a atual situação de Cielo.

"Convivi com ele (Cielo) e sei pelo que ele está passando. Em momentos como este, não se sabe quem são seus verdadeiros amigos", afirmou. Dunford, sétimo colocado na prova, não comentou o caso. Cielo, por sua vez, disse apenas que o queniano "não deve ter gostado do resultado da prova."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.