Queniano Kipsang vence a 84.ª Corrida de São Silvestre

Com a conquista de James Kipsang, Quênia volta a ficar à frente do Brasil em número de conquistas na prova

Alan Rafael Villaverde, estadao.com.br

31 de dezembro de 2008 | 17h37

Paulo Liebert/AE James Kipsang faz prova tranqüila e vence a Corrida de São Silvestre; brasileiros vão malSÃO PAULO - A chuva não veio, assim como uma boa participação dos brasileiros, que viu James Kipsang vencer a 84.ª edição da Corrida de São Silvestre, recolocando o Quênia à frente do Brasil na disputa pela supremacia na competição internacional, disputada em São Paulo, no último dia do ano de 2008.Veja também: Imagens da festa e da corridaKipsang, de 25 anos, que não estava listado entre os favoritos a vencer a prova, conquistou o 11.º título queniano - um a mais que o Brasil -, com o tempo de 44min44s. O favorito, o compatriota Evans Cheruiyot - vencedor da Maratona de Chicago deste ano - ficou com a segunda posição. Nenhum brasileiro ficou entre os cinco primeiros.Sereno, Kipsang não se incomodou com a pressão do compatriota Cheruiyot e, a partir da Avenida Rio Branco, começou a consolidar a liderança, que só aumentou com a passagem segura pela subida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio, antes de retomar a Avenida Paulista para cruzar a linha de chegada de forma inusitada, já que evitou a faixa de chegada, passando-a pelo lado esquerdo.DECEPÇÃOFranck Caldeira, último brasileiro a vencer a São Silvestre, em 2006, abandonou a prova no km 10, com dores abdominais. O atleta, no entanto, não teve uma boa temporada, destacando-se apenas a terceira colocação na Volta da Pampulha.DESPEDIDAAos 39 anos, o brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima, medalhista de bronze na Maratona das Olimpíadas de Atenas, em 2004, despediu-se do atletismo na São Silvestre, prova que nunca conquistou. O maratonista foi ovacionado pelo público presente e pelos participantes."Estou muito feliz, e foi bonito sair pela porta da frente, sendo aplaudido e admirado por tudo o que fiz. Obrigado Brasil, obrigado por tudo!", disse o atleta, que recebeu a medalha Pierre de Coubertin doComitê Olímpico Internacional (COI) após sua participação na prova.MULHERESA Etíope Ymer Wude Ayalew venceu a competição feminina sem problema algum, assumindo a ponta a partir do meio do percurso de 15 km com o tempo de 51min37s.Ao contrário dos homens, as mulheres brasileiras tiveram um bom desempenho, ficando com as outras colocações do pódio. Fabiana Silva em segundo, seguida por Marily dos Santos, Marizete Moreira Santos e Luzia Souza Pinto.

Tudo o que sabemos sobre:
São SilvestreJames Kipsang

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.