Mike Segar/Reuters
Mike Segar/Reuters

Queniano Wilson Kipsang vence a Maratona de Nova York

Maratonista completa prova com tempo de 2 horas, 10 minutos e 59 segundos; Mary Keitany, também queniana, triunfa no feminino

Estadão Conteúdo

02 de novembro de 2014 | 16h09

O queniano Wilson Kipsang confirmou neste domingo ser um dos principais nomes da maratona na atualidade. Confirmando a sua excelente fase, Kipsang venceu a Maratona de Nova York ao completar a prova com um tempo de 2 horas, 10 minutos e 59 segundos. A queniana Mary Keitany triunfou na prova feminina.

Ex-recordista mundial da maratona, Kipsang agora acumula vitórias das Maratonas de Berlim, Londres e Nova York em um período de apenas 13 meses. E o seu triunfo na prova norte-americana foi assegurada logo na sua primeira participação em Nova York, após uma disputa acirrada com o etíope Lelisa Desisa nos quilômetros finais.

Assim, Desissa, que venceu no ano passado a Maratona de Boston, ficou na segunda colocação, sete segundos atrás de Kipsang. Já o etíope Gebre Gebremariam, que ganhou a Maratona de Nova York em 2010, terminou a prova na terceira colocação, à frente de Meb Keflezighi, que era a principal esperança norte-americana após ser campeão da Maratona de Boston no ano passado. Geoffrey Mutai, dono de dois títulos em Nova York, dessa vez foi apenas o sexto colocado.

Entre as mulheres, Mary Keitany superou a também queniana Jemima Sumong para vencer a Maratona de Nova York, a sua primeira prova desse tipo desde 2012, quando foi mãe. Keitany completou a disputa com um tempo 2 horas, 25 minutos e sete segundos. A sua vantagem foi de apenas três segundos para Sumong. Assim, elas igualaram o resultado mais apertado da história da versão feminina da Maratona de Nova York.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.