Quenianos dominam pódio da Maratona de Chicago e queniana vence prova feminina

Os quenianos dominaram a Maratona de Chicago neste domingo. Dickson Chumba venceu a prova masculina e finalizou os 37 quilômetros do percurso da prova norte-americana em 2h09min25s. Seus compatriotas Sammy Kitwara e Sammy Ndungu terminaram em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Estadão Conteúdo

11 de outubro de 2015 | 15h12

O novo campeão começou a ganhar destaque no atletismo em 2014 quando faturou pela primeira vez a Maratona de Tóquio, com direito a recorde da prova. Na mesma temporada, terminou em terceiro lugar em Chicago, quando percorreu o circuito em um menor tempo do que neste ano - 2h04min32s. "Fiz boa corrida", comentou logo após cruzar a linha de chegada. "Mas podia ter feito um melhor tempo", completou.

O Quênia também dominou a prova feminina. Florence Kiplagat, de 28 anos, faturou a competição com um tempo de 2h23min33s. Em segundo lugar ficou a etíope Yebrgual Melese, seguida pela compatriota Birhane Dibaba. A norte-americana Deena Kastor, de 42 anos, venceu entre os veteranos. Há dez anos, a corredora dos Estados Unidos também havia subido no degrau mais alto do pódio em Chicago.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.