Rafael é cortado por contusão; Mano chamara outro goleiro

O goleiro Rafael Cabral foi cortado dos Jogos Olímpicos de Londres, nesta terça-feira, em consequência de uma lesão no cotovelo direito sofrida durante a preparação da equipe para a competição. Um substituto será chamado para o seu lugar ainda nesta terça, informou a CBF.

Reuters

24 de julho de 2012 | 08h10

O goleiro do Santos foi submetido a um exame de ressonância magnética na capital britânica em que foi detectado um trauma no osso do cotovelo, o que impediria a recuperação a tempo para atuar na Olimpíada, de acordo com o médico da seleção, José Luís Runco.

"O técnico Mano Menezes convocará nas próximas horas um goleiro", informou a CBF em comunicado em seu site oficial. Neto e Gabriel são os outros dois goleiros da seleção em Londres.

Rafael vai voltar ao Brasil ainda nesta terça para dar inicio ao tratamento.

O Brasil estreia no torneio olímpico de futebol masculino na quinta contra o Egito.

(Reportagem de Pedro Fonseca)

Tudo o que sabemos sobre:
OLIMPFUTBRASILRAFAEL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.