Wilton Júnior/Estadão
Wilton Júnior/Estadão

Rafaela Silva é prata e judô do Brasil fatura três medalhas no 1º dia em Tbilisi

Em torneio na Geórgia, campeã olímpica nos Jogos do Rio perde decisão para atleta do Kosovo

Redação, Estadão Conteúdo

29 de março de 2019 | 12h54

O judô do Brasil conquistou três medalhas no primeiro dia de disputa do Grand Prix de Tbilisi, na Geórgia. O melhor resultado foi de Rafaela Silva, na categoria até 57kg. Ela avançou à final da competição, mas perdeu para a kosovar Nora Gjakova e faturou a prata.

Campeã olímpica no Rio, em 2016, Rafaela manteve a consistência neste início de temporada. Afinal, esta foi a terceira vez que ela chegou à decisão de uma etapa do Circuito Mundial. Mas tanto em Oberwart quanto em Dusseldorf, ela também sucumbiu na última luta e ficou com a prata.

Desta vez, a brasileira começou passando pela belga Mina Libeer, por um wazari. Depois, eliminou a casaque Sevara Nishanbayeva e a francesa Helene Receveaux por ippon. Em uma equilibrada decisão com Gjakova, chegou a ir para o golden score, mas foi eliminada ao levar uma terceira punição.

As mulheres brasileiras fizeram bonito nesta sexta e também foram responsáveis pelas outras duas medalhas em Tbilisi. Nathália Brígida (48kg) e Larissa Pimenta (52kg) subiram ao pódio e ficaram com o bronze.

Nathalia derrotou a georgiana Mariam Tsikhelashvili e a turca Nazlican Kilic antes de cair para a mongol Urantsetseg Munkhbat. Na repescagem, conseguiu vitórias por ippon sobre a ucraniana Maryna Cherniak e a húngara Eva Csernoviczki.

Já Larissa bateu a belga Amber Ryheul e a turca Irem Korkmaz, mas perdeu na sequência para a francesa Astride Gneto. Na repescagem, garantiu o bronze com os triunfos sobre a turcomena Gulbadam Babamuratova e a mongol Khorloodoi Bishrelt.

Na mesma categoria de Larissa, Yasmim Lima caiu logo na segunda luta e ficou distante da briga por medalhas. Entre os homens, Felipe Kitadai (60kg) chegou à repescagem, mas acabou na sétima posição. Phelipe Pelim (60kg) e Charles Chibana (66kg) caíram logo em suas estreias.

O judô brasileiro volta ao tatame em Tbilisi no sábado, com: Marcelo Contini (73kg), Eduardo Barbosa (73kg) e Maria Portela (70kg). A competição termina no domingo, quando mais três atletas do País lutarão por medalhas: Rafael Macedo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Beatriz Souza (+78kg).

Tudo o que sabemos sobre:
judôRafaela SilvaTbilisi [Geórgia]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.