Rally Dakar se muda para Argentina e Chile após ameaças

Temendo possíveis ataques, organizadores transferem evento para América do Sul.

Da BBC Brasil, BBC

11 de fevereiro de 2008 | 19h30

Os organizadores do Rally Dakar anunciaram nesta segunda-feira que a edição de 2009 da tradicional competição será realizada na Argentina e no Chile devido a preocupações com a segurança do evento.Em janeiro, o rali, cujo trajeto tradicionalmente cruza o norte da África, foi cancelado, depois do assassinato de quatro turistas franceses na Mauritânia no último dia 24 de dezembro.A Amaury Sport Organisation, que realiza o Rally Dakar, afirmou ter recebido "ameaças diretas contra a corrida" por parte de "grupos terroristas".No ano que vem, o rali, que é realizado desde 1979, vai começar e terminar na capital argentina, Buenos Aires.O trajeto incluirá 6 mil quilômetros de "etapas especiais" em um percurso de 9 mil quilômetros. Os detalhes serão divulgados em Buenos Aires nesta terça-feira.InscriçõesO diretor do evento, Etienne Lavigne, disse que as inscrições para participar do rali serão abertas no dia 15 de maio e os competidores que estavam inscritos para o Rally Dakar 2008 terão "prioridade".O diretor da Mitsubishi Motorsport - subsidiária da fabricante japonesa, vencedora da corrida desde 2001 - afirmou que o anúncio veio em boa hora."É uma boa notícia, um mês depois do cancelamento do rali de 2008", disse Dominique Serieys. "A Mitsubishi vai anunciar sua decisão no final de fevereiro ou início de março. Em princípio, estamos muito interessados.""Foi necessário fazer uma pausa na África devido ao contexto geopolítico", acrescentou. "A retomada em um novo continente é uma boa notícia.""O Chile e a Argentina são países onde há grande variedade de terreno", afirmou Serieys. "Tendo em vista que não sabemos os detalhes do Dakar 2009, acho que o percurso será difícil. Mas isso é ótimo, nós queremos uma corrida difícil."BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
rallyDakar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.