Rick Bowmer/ AP
Rick Bowmer/ AP

Rayssa Leal vence etapa de Salt Lake City do Mundial de skate street

Com manobra espetacular na última tentativa, brasileira conquista primeira posição; Pâmela Rosa fica em 4º

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2021 | 18h36

Rayssa Leal venceu a etapa de Salt Lake City do Mundial de skate street neste sábado. Com uma nota 8.5 na última manobra, a brasileira superou a japonesa Funa Nakayama e a holandesa Roos Zwetsloot e ficou com a primeira posição.

Com apenas 13 anos, Rayssa vem da conquista da medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio e teve grande apoio da torcida brasileira no local de competição. É a segunda vez que ela vence uma etapa da SLS. Outra brasileira na final, Pâmela Rosa terminou na quarta posição, somando 16.4.

Rayssa Leal obteve um total de 21 pontos, três décimos a mais que Funa Nakayama, medalhista de bronze em Tóquio. A holandesa Roos Zwetsloot, que ficou na quinta posição na capital japonesa, conquistou a pontuação de 19.6 e chegou a sonhar com a segunda colocação.

Antes de se iniciar a última rodada de manobras, Rayssa ocupa a segunda posição, atrás apenas da japonesa. Pâmela Rosa foi a primeira a tentar, mas acabou falhando ao colocar as mãos no chão para se apoiar e acabou fora do pódio. Em seguida, Roos fez uma ótima manobra, com 7.2 de nota o que a deixou na segunda posição momentaneamente e empurrando Rayssa para o terceiro lugar.

Então, foi a vez de Funa Nakayama. A japonesa liderava, mas ainda tinha o risco de perder o primeiro lugar. Ela não completou sua manobra, caiu e precisava torcer para uma nota baixa da skatista maranhense. Mas Rayssa foi além. Com uma linda manobra, somou a maior nota da etapa e pulou para a ponta, conquistando o troféu da etapa da capital do Utah.

"Obrigada por tudo, amo todos vocês. Vamos, Brasil", gritou a brasileira após a conquista em Salt Lake City. Havia várias bandeiras brasileiras espalhadas pelo local de competição e a torcida apoiou fortemente as compatriotas durante a disputa.

MASCULINO

Na disputa masculina, o melhor brasileiro foi Kelvin Hoefler, que terminou no quarto lugar. Ele somou 23.6 pontos. Quem venceu a etapa foi Gustavo Ribeiro, de Portugal, que fez 27.6. Na última manobra, conquistou a melhor nota do dia, com um 9.4. Em segundo, terminou o norte-americano Nyjah Huston (27.2). Em terceiro, completando o pódio, ficou Alex Midler (25.4). Os brasileiros Felipe Gustavo e Filipe Mota também chegaram à final, mas não passaram para as duas rodadas decisivas. Gustavo terminou em quinto, enquanto Mota foi sétimo.

Tudo o que sabemos sobre:
skateRayssa Leal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.