Rebaixado, Stuttgart demite dirigente e contrata novo técnico

Rebaixado à segunda divisão alemã pela primeira vez depois de 41 anos, o Stuttgart atingiu o fundo do poço após uma série de temporadas mal sucedidas. Para se reerguer, o clube decidiu promover mudanças nesta terça-feira, dispensou o diretor esportivo Robin Dutt e anunciou seu novo técnico, Jos Luhukay.

Estadão Conteúdo

17 de maio de 2016 | 16h20

Novo comandante do tradicional clube, Luhukay chega para a vaga de Jürgen Kramny, dispensado logo após a confirmação do rebaixamento do time no Campeonato Alemão com a derrota por 3 a 1 para o Wolfsburg no último sábado.

Luhukay assinou contrato por duas temporadas com o clube para tentar recolocá-lo na primeira divisão. E ele tem um bom histórico neste tipo de situação. Antes de chegar ao Stuttgart, o treinador de 52 anos acumulou acessos à elite com Borussia Mönchengladbach (2008), Augsburg (2011) e Hertha Berlin (2013).

Ainda em busca de um novo presidente após a renúncia de Bernd Wahler no domingo, o Stuttgart passa por uma reforma interna e, por isso, decidiu pela dispensa de Robin Dutt. De acordo com nota oficial divulgada pelo clube, a decisão aconteceu depois de "longas conversas" com o dirigente.

Diretor do Stuttgart, Martin Schaefer garantiu que a dispensa de Dutt "é a decisão correta para permitir um novo começo necessário ao Stuttgart" após o time terminar na penúltima colocação do último Campeonato Alemão com somente 33 pontos ganhos em 34 rodadas.

Tudo o que sabemos sobre:
Diretor

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.