Recordista da marcha atlética é suspenso por doping

Sergei Morozov e outros quatro atletas russos terão de ficar dois anos afastados das competições

Agencia Estado

23 de setembro de 2008 | 14h09

O russo Sergei Morozov, recordista mundial da marcha atlética de 20 quilômetros, e outros quatro competidores do país na modalidade, foram suspensos flagrados em exames antidoping.Viktor Burayev, Vladimir Kanaikin, Igor Yerokhin e Alexei Voevodin são os outros quatro atletas flagrados e terão de ficar dois anos afastados das competições. Todos eles testaram positivo para o hormônio sintético EPO (aumenta o nível de glóbulos vermelhos no sangue, o que ajuda na resistência durante exercícios físicos).Além do recordista Morozov, os outros competidores têm currículo de respeito no cenário internacional. Kanaikin, por exemplo, é o antigo recordista da marcha de 20 quilômetros e Voevodin conquistou a medalha de bronze nos 50 quilômetros na Olimpíada de Atenas, em 2004.As suspeitas sobre o doping dos atletas existia antes mesmo da Olimpíada de Pequim, quando Kanaikin teve seu nome retirado da equipe dias antes da competição. Para aumentar as especulações, Morozov não disputou a prova olímpica, apesar de ter sido inscrito nos 20 km.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismomarcha atléticadoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.