Recordista mundial supera Thiago Pereira por 4 centésimos

O brasileiro Thiago Pereira tentou, mas não conseguiu superar o recordista mundial Ryk Neethling nos 100m medley. Numa prova disputada braçada a braçada, ele ficou quatro centésimos atrás do sul-africano, que registrou o tempo de 53s72. O bronze foi do alemão Thomas Rupprath, com 54s65.O Brasil ficou com a prata e bronze nos 800m livre feminino. Mariana Brochado chegou em segundo lugar e Poliana Okimoto em terceiro, na prova vencida pela romena Camelia Potec.O brasileiro Marcelo Tomazini ganhou bronze na prova dos 200m peito. O ouro foi do canadense Scott Dickens, e a prata do norte-americano Mark Gangloff.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.