Recordista quer anular sua marca

Petra Schneider, nadadora da antiga Alemanha Oriental que foi campeã olímpica em Moscou/80, quer anular seu recorde mundial nos 400 m medley, que perdura até hoje. A ex-atleta de 42 anos contou que à época usava doping por iniciativa dos técnicos e a marca foi alcançada por isso. ?Meu recorde é coisa do passado?, disse Petra no programa ?Konkrete?, da TV.

Agencia Estado,

23 de dezembro de 2005 | 10h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.